Últimas Notícias

Voltar

Em reunião do CGPE, TRT/RJ avança na concretização da sua Política de Gestão de Riscos

A presidente do TRT/RJ, desembargadora Edith Tourinho e integrantes do Conselho de Governança Participativa e Estratégica (CGPE)
Data de criação: 20/6/2022 14:05:00

O Tribunal Regional do Trabalho da 1ªRegião (TRT/RJ) avança para a implementação da gestão de seus riscos, com a apreciação da minuta do Manual de Gestão de Riscos pelo Conselho de Governança Participativa e Estratégica (CGPE) e aprovação de tópicos relativos ao tema na semana passada. A análise da matéria ocorreu na 2ª Reunião de Análise da Estratégia de 2022 no prédio-sede, com participação remota de magistrados e servidores. O CGPE é presidido pela desembargadora Edith Tourinho, presidente do TRT/RJ.

O Manual, cuja formalização se dará por meio da publicação de Ato da Presidência, integra o Sistema de Gestão de Riscos, assim como a Política Institucional de Gestão de Riscos, matéria instituída pela Resolução Administrativa nº 12/2022, publicada em maio no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho. O objetivo dessa política é estabelecer princípios, diretrizes e responsabilidades para a gestão de riscos, levando-se em conta que todas as organizações enfrentam incertezas no cumprimento de sua missão e na entrega dos seus serviços aos usuários internos e externos.

Uma gestão de riscos estruturada minimiza a ocorrência de imprevistos, evitando crises e contratempos, e possibilita maior previsibilidade dos resultados esperados, trazendo mais segurança para que os gestores tomem decisões consistentes. “Gestão de riscos é algo que faz parte do nosso dia a dia, lidamos com isso o tempo todo. O diferencial agora é que esse processo será sistematizado”, esclareceu Viviane Lopes Cortat de Souza, gestora da Coordenadoria de Processos, Riscos e Estrutura Organizacional (COPR), que fez uma apresentação breve sobre o tema na reunião.

A pauta da reunião também incluiu apresentação dos resultados de janeiro a abril de 2022 dos indicadores estratégicos do TRT/RJ. Entre eles, o Indicador IAM-PLS – Índice de alcance das metas do Plano de Logística Sustentável, que atingiu, em abril, o resultado de 77,8%, superando a meta prevista para o período (64,5%). Esse indicador está relacionado à redução do consumo do papel, copos descartáveis e energia elétrica, entre outros itens relacionados a práticas sustentáveis da organização.

O CGPE analisou, ainda, os projetos estratégicos que estão em andamento, além de novos que foram propostos, como é o caso do “TRT/RJ 100% Digital – Digitalização e migração dos autos físicos”. Classificado como estratégico pelo Conselho, esse projeto visa à digitalização e à migração de todos os processos físicos em tramitação na Corte para o sistema Processo Judicial Eletrônico (PJe). A contratação da empresa de digitalização, uma das etapas do projeto, foi efetuada pela Administração do TRT/RJ em 6/5. A partir de então, a ideia é que todas as etapas desse processo de digitalização sejam monitoradas, de acordo com metas e prazos estabelecidos no projeto estratégico.

Veja aqui a composição do CGPE e de outras comissões e comitês do TRT/RJ

E para mais informações sobre o Plano Estratégico Plurianual 2021-2026 do TRT/RJ, clique aqui.

 

assinatura SCC