Início do menu.
Início do conteúdo.

Ultimas Notícias

Voltar

CNJ PREMIA TRIBUNAIS E DIVULGA METAS PARA 2019 EM ENCONTRO NACIONAL DO JUDICIÁRIO

Data de criação: 06/12/2018 13:15:00

selo na categoria ouro conquistado pelo TRT/RJRepresentantes dos 91 tribunais brasileiros, sob a coordenação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), participaram do XII Encontro Nacional do Poder Judiciário, em Foz do Iguaçu, nos dia 3 e 4 de dezembro. No encontro foram divulgados os tribunais premiados com o Selo Justiça em Números. O Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT/RJ) conquistou o prêmio na categoria Ouro, com 488.2 pontos. O Selo é concedido pelo CNJ desde 2014 aos tribunais que mais investem na excelência da produção, gestão, organização e disseminação de suas informações administrativas e processuais.

No encontro - do qual participou o desembargador do TRT/RJ José Nascimento Araujo Netto, corregedor Regional e gestor das metas no TRT/RJ - também foram aprovadas as metas nacionais do Poder Judiciário para 2019.  As metas nacionais foram discutidas e aprovadas durante as plenárias setoriais, que reuniram na tarde de terça-feira (4/12) representantes de tribunais dos vários segmentos do Poder Judiciário. 

As metas nacionais servem para orientar as prioridades administrativas da cúpula dos tribunais durante o ano seguinte. Ao longo do ano, elas são discutidas em reuniões preparatórias entre autoridades do CNJ e dos diferentes tribunais. Ao final do ano, elas são votadas durante o Encontro Nacional do Poder Judiciário. Participam da votação presidentes e outros representantes dos órgãos que compõem a Justiça brasileira.

O presidente do CNJ, ministro Dias Toffoli, afirmou que a aprovação das metas e o compromisso das cortes no cumprimento dos objetivos estabelecidos mostra que o Judiciário nacional está ciente e conectado com os anseios da sociedade nessas áreas de atuação. “Nesses dois dias, tivemos a possibilidade de confirmar o quanto é importante o Poder Judiciário se mostrar unido. Não há Estado democrático de direito sem um Judiciário autônomo, independente e fortalecido”, afirmou.

foto com as metas para o Poder Judiciário em 2018
(Arte: CNJ)

O conselheiro do CNJ e ministro do Tribunal Superior do Trabalho Aloysio Correa da Veiga falou sobre o compromisso da corte com a melhoria da prestação jurisdicional e o cumprimento das metas estabelecidas pelo Conselho. O uso de ferramentas como o gabinete eletrônico, o plenário virtual, o teletrabalho e a capacitação contínua dos servidores foram citadas pelo ministro como ações adotadas para o cumprimento desses objetivos. “Isso mostra que vale à pena investir. Com isso conseguimos conviver com um número razoável de processos e a redução do estoque. Somente com planos estratégicos, conseguiremos atender adequadamente à sociedade”, afirmou Aloysio Correa da Veiga, que representou o presidente do tribunal, ministro João Batista Brito Pereira. 

(Com informações do CNJ)

assinatura aic