Centro de Memória

O Centro de Memória do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região constitui-se em um espaço destinado à exposição do acervo histórico e memorialístico da Justiça do Trabalho. Criado pela Resolução Administrativa nº 14/2014, de 22 de maio de 2014, foi inaugurado em 27 de janeiro de 2015, no Fórum Ministro Arnaldo Süssekind. A partir de outubro de 2017, pela Resolução Administrativa 56/2017, passou a ser administrado pela Seção de Gestão de Memorial, vinculada à Divisão de Gestão de Documentos e Memória, da Secretaria de Gestão do Conhecimento.

O Centro de Memória é formado por uma exposição permanente e também abriga eventuais exposições temporárias. Dentre os eventos que contaram com a participação do Centro de Memória nos últimos anos, cita-se: “Exposição: “75 Anos da Justiça do Trabalho”; Exposição: “Délio Maranhão -100 Anos”; “Exposição 100 Anos de Arnaldo Süssekind”; “Exposição Geraldo Montedônio – 100 Anos”.

A maior parte do acervo que hoje compõe o Centro de Memória tem origem em um projeto de resgate e preservação da história da instituição, que resultou na criação do Memorial do TRT da 1ª Região, quando ocorreu a montagem da exposição comemorativa da passagem dos 60 anos da Justiça do Trabalho para o Poder Judiciário, realizada em setembro de 2006.

Estão em exposição permanente uma sala de audiências de Junta de Conciliação e Julgamento e uma sala de julgamentos de sessões de 2ª Instância, além de outras peças relevantes, como: móveis, utensílios, quadros, condecorações, fotografias e outros documentos de valor histórico-institucional.

Visitação:  O Centro de Memória está aberto regularmente para visitação de segunda a sexta-feira de 9h30 as 15h30.  Servidor desta unidade que participa da visita guiada no Centro de Memória, se for previamente agendada, possui graduação em História, além da experiência de anos de serviço no Tribunal, o que enriquece a atividade proposta.

Localização: Avenida Presidente Antônio Carlos, 251 – Castelo/ Rio de Janeiro (pavimento térreo do Fórum Ministro Arnaldo Süssekind, sede do TRT da 1ª Região).